Alemanha fechará espaço aéreo devido a cinzas de vulcão

Nuvem expelida pelo Grimsvotn já causou cancelamento de centenas de voos nesta terça

Associated Press

24 de maio de 2011 | 18h57

BERLIM - As autoridades meteorológicas da Alemanha disseram nesta terça-feira, 24, que o espaço aéreo deve ser fechado no início da quarta-feira na região norte do país devido aos altos níveis de cinzas expelidas na atmosfera por um vulcão da Islândia.

 

O Serviço Meteorológico da Alemanha disse que não permitirá decolagens ou pousos no aeroporto de Bremen a partir das 5 horas (23 horas desta terça em Brasília) e no aeroporto de Hamburgo a partir das 6 horas. Os terminais de Berlim e Hannover também poderiam ser afetados.

 

Centenas de voos na Grã-Bretanha já foram cancelados nesta terça, quando os ventos começaram a soprar as cinzas do vulcão Grimsvotn, localizado no centro da Islândia, em direção ao continente europeu. Os especialistas dizem que as partículas na nuvem de poeira podem causar danos às aeronaves.

 

Brian Flynn, responsável de operações da Eurocontrol, agência controladora do espaço aéreo europeu, explicou através do Twitter que as cinzas cobrem nesta terça-feira a maior parte da Escócia e da Irlanda do Norte e que se deslocarão ao longo do dia para afetar o sul da Escandinávia, a Dinamarca e o norte da Alemanha.

 

O Grimsvotn, o vulcão mais ativo da Islândia, entrou em erupção no sábado. Esta erupção acontece cerca de um ano depois de um fenômeno similar no Eyjafjallajökull, outro vulcão islandês, ter paralisado o tráfego aéreo europeu durante várias semanas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.