Alemanha opõe-se a cota de gênero na UE

O governo da Alemanha prometeu se opor a um projeto da União Europeia que determina uma cota de gênero para postos em empresas com ações negociadas em bolsas de valores. O ministro das Relações Exteriores da Alemanha, Guido Westerwelle, alertou para os riscos de uma "super regulação" no bloco econômico europeu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.