Alemanha: SPD exige pedido de desculpas de Merkel

O Partido Social Democrata (SPD, na sigla em alemão), principal legenda de oposição ao governo de Angela Merkel, quer que a chanceler da Alemanha peça desculpas por suas declarações sobre a suposta inabilidade do partido de centro-esquerda para enfrentar a crise da dívida europeia.

AE, Agência Estado

04 de setembro de 2013 | 12h49

Merkel disse em entrevista à rede de televisão ARD que os social-democratas não são "nada desconfiáveis" no combate à crise da dívida. Segundo ela, o partido propõe de tudo para reverter a crise, desde a emissão de eurobônus a fundos para resgate de dívida e de responsabilidade mútua.

O partido de centro-esquerda, liderado pelo oposicionista Peer Steinbrueck, votou a favor da maioria das medidas de resgate de Merkel para a zona do euro, apesar de criticar a abordagem da chanceler. Ele disse nesta semana que Merkel está "destruindo pontes".

O escritório da primeira-ministra emitiu uma declaração insistindo em que ela não se referia às votações do oponente feitas no passado. As eleições estão marcadas para o dia 22 deste mês. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
AlemanhapolíticaSPDMerkel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.