Chip East/Reuters
Chip East/Reuters

Alemanha vai se abster em votação na ONU sobre status palestino

Palestinos já têm apoio de França, Áustria, Dinamarca e Espanha; ONU vota questão hoje

Reuters

29 de novembro de 2012 | 07h39

BERLIM - A Alemanha vai se abster na votação nesta quinta-feira, 29, na Assembleia-Geral da ONU, sobre a mudança de status diplomático palestino, que é vista como uma aposta indireta da organização para reconhecer o Estado palestino.

"Nós não tomamos esta decisão facilmente. A Alemanha compartilha o objetivo de um Estado palestino. Nós fizemos campanha para isso de muitas formas, mas os passos decisivos na direção de um verdadeiro Estado pode resultar tão somente de negociações entre Israel e palestinos", afirmou o ministro de Relações Exteriores alemão, Guido Westerwelle, em comunicado.

 

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, vai apresentar o pedido para que a ONU reconheça a Palestina como Estado observador, em uma mudança que tem valor diplomático. Israel e EUA são contrários à medida e devem votar "não" nas Nações Unidas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.