Alemão acusado de canibalismo vai a julgamento

Um especialista em computadores acusado de matar, desmembrar e comer outro homem - que, supostamente, ofereceu-se como voluntário na internet - foi a julgamento nesta quarta-feira, num tribunal alemão.Os promotores da cidade de Kassel acusam Armin Meiwes de matar um morador de Berlim, identificado apenas como Bernd Juergen B., de 43 anos, em março de 2001, esfaqueando-o na garganta. O crime teria sido cometido na casa do assassino, em Rotenburg.A acusação diz que a morte foi executada com o assentimento da vítima, mas insiste em tratar o crime com assassinato e não - como sugere a defesa - eutanásia. Meiwes confessou a morte e pode ser condenado à prisão perpétua.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.