Alencar confirma indicação de general Siqueira para missão no Haiti

O vice-presidente e ministro da Defesa, José Alencar, oficializou nesta terça a indicação do nome do general Elito Siqueira para comandar a missão de paz das Nações Unidas no Haiti (Minustah). A ONU, organismo ao qual cabe a nomeação do novo comandante, já deu indicação de que manterá o comando na força com o Brasil. Por uma questão de praxe, o governo poderá ainda apresentar à ONU um segundo nome como alternativa.Em entrevista, Alencar admitiu que a presença do Brasil no Haiti pode ser questionada no Congresso, especialmente por parlamentares da oposição, mas voltou a dizer que não é o momento de se discutir a saída das tropas brasileiras daquele país. "Não estamos em condições de questionar a missão de paz, não é hora para isso", afirmou. "Houve um problema e temos que superá-lo."O vice-presidente disse que a preocupação do governo, no momento é prestar as homenagens ao general Urano Bacellar, ex-comandante da missão de paz, morto no Sábado. O corpo do general será enterrado amanhã, no Rio de Janeiro. "Estamos tristes pela perda de um grande brasileiro. Agora, a vida continua", disse José Alencar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.