Alencar discute nome de novo comandante para o Haiti

O vice-presidente da República e ministro da Defesa, José Alencar, disse que vai discutir com o Comandante do Exército, general Francisco Albuquerque, um nome para substituir o general Urano Bacelar no comando da Missão de Paz da ONU, no Haiti. Bacellar foi encontrado morto na varanda do apartamento em que morava, em Porto Príncipe, vítima de um tiro. A causa da morte, um aparente suicídio, está sob investigação.Alencar disse que o Brasil tem que continuar no comando da tropa da ONU no Haiti. Na avaliação dele, ainda não é o momento de se discutir a retirada dos soldados brasileiros de lá. "Não podemos recuar de forma alguma", afirmou. "Há um trabalho e uma consciência para que o comando continue com o Brasil", ressaltou. Alencar disse também que o general Albuquerque deverá seguir para Porto Príncipe, com o intuito de levantar o moral das tropas, abaladas com a morte de Bacellar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.