Alerta de tsunami na Nova Zelândia é cancelado

O alerta de um tsunami na Nova Zelândia foi cancelado depois de um terremoto de 7,8 graus na escala Richter, ocorrido hoje na costa sul do país, ter provocado uma onda de apenas 20 centímetros. A nota de alerta emitida pelo Centro de Alertas de Tsunamis do Pacífico antes do cancelamento da advertência indicava que o nível do mar confirmava a formação de um tsunami potencialmente destrutivo. Logo depois, o instituto retificou o alerta e informou que nenhuma onda com potencial destrutivo se dirigia à Nova Zelândia. Não há informações sobre vítimas ou danos do tremor.

AE, Agencia Estado

15 de julho de 2009 | 08h53

O terremoto de 7,8 graus na escala Richter ocorreu por volta das 6h20, informa o Instituto de Pesquisa Geológica dos Estados Unidos. O epicentro foi identificado como uma área do leito oceânico situada a cerca de 160 quilômetros da costa de Invercargill, na Ilha do Sul da Nova Zelândia. O tremor ocorreu 33 quilômetros abaixo do leito submarino. A Rádio Nova Zelândia informou que moradores de cidades a centenas de quilômetros do epicentro relatavam ter sentido o tremor.

A Nova Zelândia repousa sobre uma das regiões de maior atividade sísmica do planeta, conhecida como o "Anel de Fogo" do Pacífico. Terremotos na casa dos sete graus têm potencial para causar graves danos em áreas habitadas. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.