Reprodução/Google Maps
Reprodução/Google Maps

Japão tem alerta máximo e evacuação por inundações

Segundo a agência nacional de meteorologia, o risco de desastre é extremamente elevado; 240 mil pessoas foram evacuadas

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2019 | 01h57

TÓQUIO - As autoridades japonesas lançaram nesta quarta-feira, 28, um alerta e ordenaram a evacuação de 240 mil pessoas diante de chuvas torrenciais e inundações no sudoeste do arquipélago, onde uma pessoa morreu.

"O risco de desastre é extremamente elevado", declarou em entrevista coletiva um funcionário da agência nacional de meteorologia.

"Observamos níveis inéditos de chuva nas cidades para as quais emitimos alertas especiais. É preciso adotar o máximo de precaução", declarou o especialista Yasushi Kajiwara. A região mais afetada é Kyushu (ilha do sudoeste do Japão), em particular os departamentos de Saga, Nagasaki e Fukuoka.

A partir dos dados disponíveis, as autoridades locais determinaram a evacuação (voluntária) de cerca de 240 mil pessoas, e recomendaram o deslocamento de até um milhão de pessoas.

Os canais de TV exibiram imagens de bairros inteiros inundados por água e lama, com veículos quase  totalmente submersos.

Em Shiga, um homem morreu quando seu carro foi arrastado pela água, informou um funcionário local. AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.