Alertas de tsunami começam a ser cancelados

Um tremor submarino de magnitude 7,6 atingiu a costa leste das Filipinas na noite desta sexta-feira, pelo horário local, e disparou uma série de alertas de tsunami pela região. Pelo menos uma casa desabou e diversas cidades filipinas ficaram sem energia elétrica, noticiou uma rádio local. Não há informações iniciais sobre vítimas.

AE, Agência Estado

31 de agosto de 2012 | 11h34

A magnitude do abalo sísmico foi inicialmente medida em 7,9, mas foi posteriormente revisada pelo Instituto de Pesquisa Geológica dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) para 7,6.

Os alertas de tsunami foram cancelados na Japão, em Taiwan e ilhas tão distantes quanto as Marianas do Norte, mas continuavam em vigor para Filipinas, Indonésia e Palau, informa o Centro de Alertas de Tsunamis do Pacífico.

"Eu e meus vizinhos fugimos. Estamos indo para as montanhas agora", disse o pescador Marlon Lagramado por telefone à Associated Press.

O terremoto ocorreu a uma profundidade de 34,9 quilômetros. O epicentro foi localizado em uma área situada 106 quilômetros ao leste da ilha de Samar, segundo o USGS. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Filipinasterremototsunami

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.