Alfândega russa apreende carregamento radioativo de passageiro que ia para o Irã

A alfândega russa apreendeu ontem um carregamento de isótopos radioativos sódio 22 num aeroporto de Moscou. A carga pertencia a um passageiro que embarcaria num voo para o Irã, cujo governo de Mahmoud Ahmadinejad (foto) enfrenta acusações de tentar desenvolver um programa de armas nucleares.

O Estado de S.Paulo

17 de dezembro de 2011 | 03h07

"Testes mostraram que o sódio 22 só poderia ter sido obtido como resultado do trabalho de um reator nuclear", afirmou a alfândega em comunicado. Um inquérito foi aberto e o material radioativo, apreendido pelas autoridades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.