Aliado de Ahmadinejad é detido no Irã

Prisão de Malekzadeh é vista como disputa de poder entre presidente e líder supremo do país.

BBC Brasil, BBC

23 de junho de 2011 | 21h18

Um aliado do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, foi preso nesta quinta-feira sob acusação de corrupção, de acordo com a imprensa iraniana.

Mohammad Sharif Malekzadeh, que nega as acusações, é mais uma das diversas pessoas ligadas ao presidente que foram demitidas ou presas nos últimos meses.

O político chegou a ser nomeado vice-chanceler no sábado passado, mas foi obrigado a renunciar três dias depois, por causa de protestos de parlamentares.

Disputa

O parlamentar iraniano Esmaeel Kosari disse à agência de notícias semi-oficial Mehr que Malekzadeh foi preso por "questões financeiras".

No entanto, correspondentes da BBC afirmam que sua prisão parece ser mais um exemplo de como o supremo líder iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, está usando seus poderes para controlar Ahmadinejad, que já desafiou sua autoridade.

Ahmadinejad defende a candidature de Malekzadeh para a disputa presidencial em 2013.

O político é um grande aliado do chefe de gabinete do presidente, Esfandiar Rahim Mashaie, que é visto pelos conservadores como parte de uma "banda podre" que tenta promover conceitos políticos nacionalistas em detrimento da teocracia islâmica.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.