Aliado de Putin vence eleição na Chechênia

Como estava previsto, Ajmat Kadirov, um aliado do governo russo, venceu as eleições presidenciais de domingo na Chechênia, adiantou a Comissão Eleitoral da pequena república muçulmana russa. "O resultado oficial será divulgado amanhã", informou o presidente da comissão, Abdul Kerin Arsajanov, ressaltando que Kadirov, que ocupava interinamente a presidência chechena, obteve mais de 81% dos votos."A elevada participação eleitoral é um indício claro do apoio dos chechenos ao novo governo", disse em Moscou o presidente russo, Vladimir Putin. "Os chechenos estão ansiosos por tempos melhores e maior segurança", acrescentou. A oposição e observadores internacionais consideraram o processo eleitoral viciado.Os candidatos opositores com chance de enfrentar o aliado do Kremlin teriam sido afastados, por persuasão ou judicialmente. Não se sabe quantas pessoas votaram - possivelmente pouco mais de 500 mil. A Rússia mantém 40 mil soldados na república separatista - 30 mil deles, segundo versão do Kremlin, com direito a voto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.