Aliados de Lugo entregam pedido a favor de reeleição

Grupos de esquerda aliados do presidente Fernando Lugo entregaram hoje ao Congresso do Paraguai 100 mil assinaturas para um pedido de emenda constitucional que autorize a reeleição no país. O movimento, supostamente feito à revelia do presidente, é formado por partidos da sua base e tem como um dos mais ardorosos defensores Hugo Richer, ministro da Secretaria de Ação Social de seu governo.

LISANDRA PARAGUASSU, ENVIADA ESPECIAL, Agência Estado

28 de junho de 2011 | 20h23

A intenção é que o pedido seja transformado em uma proposta de emenda constitucional popular, para o qual são necessárias, no Paraguai, apenas 30 mil assinaturas, já que a população total do País é de apenas 7 milhões de pessoas.

A proposta é liderada pela Frente Guasú, uma coalizão formada por partidos de esquerda minoritários no Congresso e alguns que nem tem representação, mas fazem parte da base que apoia e elegeu Lugo em 2008. O próprio presidente nega que queira tentar a reeleição.

"Fernando Lugo não quer ser reeleito. Repito: Fernando Lugo não quer ser reeleito", disse o presidente, há duas semanas, em entrevista à rádio Cáritas paraguaia, ligada à Igreja Católica. No entanto, logo depois de assumir o cargo, no início de 2009, o próprio presidente afirmou que não descartava a hipótese, apesar de ressalvar que ainda era muito cedo para pensar no assunto.

Eleito e empossado em 2008, desbancando mais de 60 anos de hegemonia do Partido Colorado, Lugo está em situação delicada para defender sua própria reeleição. O ex-bispo de 61 anos se transformou em uma estrela da oposição no Paraguai justamente ao liderar, em 2006, uma passeata de 40 mil pessoas contra o projeto que autorizava a reeleição apresentado pelo então presidente Nicanor Duarte, do Partido Colorado. A proposta foi derrotada e abriu caminho para que Lugo fosse o candidato de uma coalizão que ia do Partido Liberal ao Partido Comunista Paraguaio e assumisse um mandato que vai até 2013.

Tudo o que sabemos sobre:
ParaguaiLugoreeleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.