Aliados de Merkel vencem eleição na Baviera

Uma semana antes das eleições nacionais na Alemanha, o partido União Social Cristã (CSU, na sigla em alemão), parceiro da coalizão de centro-direita de Angela Merkel, obteve uma vitória arrebatadora nas eleições da Baviera. O resultado regional é visto por muitos como um sinal positivo para uma vitória da coalizão de Merkel na disputa nacional.

AE, Agência Estado

16 Setembro 2013 | 09h00

Nas votação da Baviera, no domingo, o CSU conquistou 47,7% dos votos, segundo dados oficiais, dando ao parceiro de Merkel a maioria absoluta das cadeiras do Parlamento regional. Já o Partido Liberal Democrata (FDP), grupo minoritário do governo da Alemanha, ficou com apenas 3,3% dos votos e não conseguiu a proporção de 5% necessária para ser representado na região.

Atualmente, a coalizão de Merkel é formada pelo partido União Democrata Cristã (CDU, na sigla em alemão), de Merkel, e seus aliados do União Social Cristã e do Partido Liberal Democrata.

O resultado do FDP na Baviera é uma preocupação para Merkel, uma vez que ela busca uma maioria parlamentar para a sua atual coalizão de centro-direita nas eleições do próximo domingo. Pesquisas indicam que a chanceler deve conquistar um terceiro mandato, mas suas chances de continuar governando com os liberal-democratas - seus parceiros de escolha - parecem menos otimistas.

Por causa dos resultados na Baviera, é possível que muitas pessoas que tinham a intenção de votar no CDU, de Merkel, transfiram sua escolha para o FDP, com o objetivo de garantir a representação parlamentar dos liberal-democratas. Contudo, caso o FDP fracasse na disputa federal, Merkel pode ter de se juntar ao principal partido da oposição, o Partido Social Democrata (SDP) de centro-esquerda, para manter o governo.

"Aqueles que querem Angela Merkel devem votar em Angela Merkel", disse Armin Laschet, disse o vice-líder do partido da chanceler à emissora de televisão ARD. Os liberal-democratas "vão conseguir", acrescentou.

Na Baviera, os social-democratas, de Peer Steinbrueck, ficaram com apenas 20,6% dos votos. Os Verdes somaram 8,6%. Fonte: Associated Press, Dow Jones Newswires e Market News International.

Mais conteúdo sobre:
AlemanhaeleiçãoBaviera

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.