Washington Post photo by Melina Mara
Washington Post photo by Melina Mara

Aliados de Trump pedem impeachment de supervisor de investigações sobre conluio russo

Deputados liderados por republicano conservador apresentaram pedido de afastamento contra o vice-procurador-geral Rod Rosenstein por não repassar documentos sobre caso de interferência russa

O Estado de S.Paulo

26 Julho 2018 | 03h28

WASHINGTON - Onze deputados aliados do presidente americano Donald Trump apresentaram pedido de impeachment contra o vice-procurador-geral Rod Rosenstein nesta quarta-feira, 25. O grupo acusa Roseinstein de não repassar à Câmara dos Representantes documentos ligados à investigação sobre a interferência russa nas eleições de 2016, a qual está sob sua responsabilidade. O pedido, porém, ainda não tem data - nem a certeza - se será votado pelo plenário da Casa.

O grupo de parlamentares é liderado pelo conservador Mark Meadows, da Carolina do Norte. Ele acusa Rosenstein de não repassar documentos solicitados pelos comitês de inteligência da Câmara, incluindo uma explicação do foco das investigações conduzidas pelo seu subordinado, o procurador especial Robert Mueller. 

No entanto, informações do Departamento de Justiça indicam que mais de 800 mil documentos relacionados à investigação sobre o caso foram repassados aos deputados desde o início do caso.

O deputado também diz que Rosenstein assinou o que considera pedidos impróprios de vigilância contra o ex-assessor de Trump, Carter Page, investigado pelo FBI por suposto conluio com o governo russo durante as eleições

Apesar de ter sido apresentado nesta quarta-feira, o pedido de impeachment contra Rosenstein não deverá ser votado nos próximos dias devido ao recesso parlamentar. Também é incerto se a medida teria apoio suficiente dentro da própria liderança do partido republicano para garantir a aprovação caso chegue ao plenário. //ASSOCIATED PRESS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.