Aliança do Norte entra em disputa por Kunduz

A contraposição entre os dois componentes da Aliança do Norte - o general uzbeque Abdul Rashid Dostum e o presidente Burhanuddin Rabbani, um tadjique - está tornando cada vez mais dramática e confusa a situação de Kunduz, último bastião do Taleban no norte do Afeganistão. Além do furioso bombardeio norte-americano, nesta sexta-feira ocorreu um duro ataque ordenado por Rabbani, apesar do acordo de rendição entre Dostum e o Taleban, informou a agência AIP. "Nós chegamos a um acordo com o general Dostum, mas as forças leais a Rabbani nos atacaram", informou a agência, vinculada ao Taleban e sediada em Islamabad. De acordo com a AIP, uma fonte tradicionalmente próxima do Taleban, a verdade é que Rabbani e seus homens temem que as forças de Dostum tomem o controle de Kunduz assim que o Taleban se render. Por este motivo, ele teria ordenado o ataque desta sexta. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.