Alice Munro ganha Prêmio Nobel da Literatura

A escritora canadense Alice Munro conquistou o Prêmio Nobel da Literatura de 2013 nesta quinta-feira. A Academia Sueca, que seleciona os ganhadores, chamou a autora de uma "mestre dos contos contemporâneos".

AE, Agência Estado

10 de outubro de 2013 | 08h53

Alice Munro é a primeira escritora canadense a receber o famoso prêmio desde Saul Bellow, que recebeu o Nobel da Literatura em 1976.

As obras de Munro já haviam sido elogiadas por diversos especialistas. O livro "Ódio, amizade, namoro, amor, casamento" da autora venceu um dos prêmio da National Book Critics Circle. Alice Munro também ganhou em três ocasiões o prêmio do Governador Geral, a maior honra literária do Canadá.

As obras publicadas de Munro, muitas vezes, giram em torno da diferença entre o período em que Munro viveu em Wingham, uma conservadora cidade canadense a oeste de Toronto, e sua vida após a revolução social dos anos 1960.

Em entrevista à AP em 2003, ela descreveu os anos 60 como "maravilhosos". Sobre esta década, ela disse: "Tendo nascido em 1931, eu estava um pouco velha, mas não muito velha, e as mulheres como eu, depois de um par de anos, usavam minissaias e estavam pulando por aí".

O Prêmio Nobel de Literatura do ano passado foi para Mo Yan da China. Os anúncios do Nobel continuam na sexta-feira com o Prêmio Nobel da Paz e na segunda-feira com o Nobel da Economia. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
suécianobelliteratura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.