Arquivo/Associated Press
Arquivo/Associated Press

Alpinista esloveno é encontrado morto no Himalaia

Tomaz Humar quebrou a perna e ficou preso na montanha de mais de 7.200 metros que escalava

Associated Press,

14 Novembro 2009 | 10h09

Um equipe de resgate informou que o alpinista veterano Tomaz Humar, da Eslovênia, foi encontrado morto neste sábado no Himalaia, no Nepal, após se ferir e ficar preso nas montanhas.

 

O corpo de Humar foi encontrado na manhã deste sábado, segundo Gerold Biner, gerente de operações aéreas da Swiss Air Zermatt, empresa de resgate em regiões montanhosas. O último contato feito pelo esloveno ocorreu na segunda-feira, quando escalava a Langtag Lirung, montanha de cerca de 7.200 metros. O contato foi feito para informar que o alpinista havia quebrado a perna.

 

O governo de Katmandu não comentou o caso. Mais cedo, a equipe de resgate havia dito que uma tempestade de neve paralisou os trabalhos de busca.

Mais conteúdo sobre:
Himalaia alpinismo Nepal

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.