Alpinistas brasileiros encontram corpo de búlgara no Everest

Uma alpinista búlgara desaparecida há cinco dias no Monte Everest foi declarada morta neste sábado, anunciou um porta-voz da expedição. Peter Atanasov, porta-voz da expedição búlgara, disse que o corpo de Mariana Maslarova, de 42 anos, foi localizado hoje por alpinistas brasileiros a 8.680 metros de altitude. Maslarova tentava ser a primeira mulher búlgara a chegar ao cume do Everest como parte de uma expedição comercial internacional. Ela era sobrinha de Hristo Prodanov, o primeiro búlgaro a escalar o Everest, em 1984. Prodanov morreu na montanha quando retornava da escalada. Na semana passada, o alpinista Hristo Hristov, de 26 anos, outro membro da expedição búlgara, foi encontrado morto quando retornava do cume do Everest. Desde que o neozelandês Edmund Hillary e o sherpa Tenzing Norgay escalaram o monte pela primeira vez, em 29 de maio de 1953, mais de 1.400 alpinistas repetiram o feito. Entretanto, mais de 180 morreram na imprevisível escalada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.