Alpinistas dos EUA presos no Irã serão julgados dia 6

Dois dos três montanhistas americanos presos no Irã há mais de um ano irão a julgamento em 6 de novembro, segundo informações da CNN que citavam a agência de notícias oficial do governo iraniano. A data do julgamento havia sido antecipada na terça-feira pela secretária de Estado americano, Hillary Clinton. Agora, a informação foi confirmada pelo advogado dos jovens, Massoud Shafee, segundo a CNN.

AE, Agência Estado

24 de outubro de 2010 | 09h17

Autoridades iranianas prenderam os três montanhistas em 31 de julho de 2009, após eles cruzarem a fronteira do Iraque para o Irã. Dois dos três montanhistas, Josh Fattal e Shane Bauer, são mantidos em uma prisão de Teerã há mais de um ano. A companheira deles, Sarah Shourd, foi liberada sob fiança por autoridades iranianas no mês passado.

O governo iraniano os acusou de "espionar e entrar ilegalmente no país". Os alpinistas negam as acusações e afirmam ter entrado por engano no país, ao se perder enquanto escalava montanhas no Curdistão iraquiano. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.