Alta autoridade palestina é seqüestrada em Gaza

Homens armados mantiveram como refém por três horas uma alta autoridade dos serviços de segurança da Autoridade Nacional Palestina (ANP) na Faixa de Gaza. Apoiadores do presidente Yasser Arafat realizaram um comício exigindo que se tomem medidas contra os grupos armados que se espalham pelo território.Numa emboscada em plena luz do dia, homens mascarados detiveram o jipe do general Mohammed Al-Batrawi, controlador financeiro das forças de segurança em Gaza, transferiram-no para outro carro e o levaram para o campo de refugiados de Nusseirat. Eles o mantiveram numa casa armada com explosivos, ameaçando explodir tudo se a polícia se aproximasse. Segundo autoridades palestinas, o general foi solto sem que concessões fossem feitas aos captores, que exigiam emprego para amigos e parentes.Nos meses recentes Gaza vem sendo tomada pela anarquia, com bandos armados seqüestrando autoridades ou ocupando prédios públicos para executar vinganças pessoais ou exigir emprego.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.