Alta comissária da ONU condena ação de Israel

A Alta Comissária da Organização das Nações Unidas (ONU) para Direitos Humanos, Navi Pillay, afirmou que a reação militar de Israel ao disparo de foguetes por militantes palestinos contra seu território é "desproporcional". Ela afirmou lamentar a enorme perda de vidas no território palestino de Gaza e apelou a Israel para que evite a punição coletiva e a ameaça a civis.Em comunicado, Pillay disse que os dois lados deveriam suspender a violência e tomar medidas imediatas para aliviar o sofrimento humano em Gaza, com a permissão para que suprimentos e monitores internacionais entrem no território palestino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.