AL-MALAHEM MEDIA/AFP
AL-MALAHEM MEDIA/AFP

Alto comandante da Al-Qaeda é morto em ataque de drone no Iêmen

Nasser al-Ansi reivindicou, em nome da rede jihadista, o atentato contra o semanário francês 'Charlie Hebdo', em Paris

O Estado de S. Paulo

07 de maio de 2015 | 15h38

WASHINGTON - Um ataque de drone americano no Iêmen matou o comandante da Al-Qaeda no país Nasser al-Ansi. Em janeiro, ele reivindicou, em nome da rede jihadista, o atentato contra o semanário francês Charlie Hebdo, em Paris, ocorrido no início do ano. A informação foi divulgada pelo portal americano SITE - centro de vigilância de sites islamitas. 


Ansi era um dos altos comandantes da rede na Península Arábica (AQAP). Ele também havia reivindicado em nome da Al-Qaeda a captura e execução do refém americano Luke Somers, em abril, segundo o SITE. Ele teria sido morto com seu filho mais velho e outros combatentes da rede no Iêmen. / AFP e REUTERS  

Tudo o que sabemos sobre:
FrançaCharlie HebdoNasser al-Ansi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.