Alvo de islâmica é vetado em treinos nos EUA

Fuzileiros navais americanos não poderão mais utilizar como alvo a imagem de uma mulher muçulmana segurando uma arma. A fotografia em tamanho real vinha sendo colocada em salas especiais para treinamento das forças especiais. A medida atende a um pedido feito ao Pentágono pelo Conselho de Relações Islâmico-Americanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.