Amante de ex-agente do FBI é indiciada

Um júri federal indiciou Katrina Leung sob as acusações de espionagem e de ter copiado, roubado e guardado documentos secretos do ex-agente do FBI James Smith, que foi ao mesmo tempo seu chefe e amante. Smith também foi indiciado. A suposta espiã, de 49 anos, foi indiciada em cinco acusações, as mais graves na área de espionagem. Segundo a promotores, os documentos aos quais ela teve acesso foram repassados para a República Popular da China.Ela foi contratada por Smith em 1982 para ajudá-lo na espionagem na China. Smith trabalhou por 30 anos no FBI, especializado em contra-espionagem. No mesmo ano, eles se envolveram sexualmente, o que teria facilitado a obtenção de informações sigilosas para os chineses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.