Amazon planeja abrir primeira loja física em Nova York

A gigante do varejo online Amazon planeja abrir a sua primeira loja física, de acordo com pessoas familiarizadas com os planos. A ideia é que o ponto seja aberto em Nova York, na movimentada 34Th Street, em Manhattan, e comece a funcionar antes do período de férias, quando as compras são mais aquecidas.

Estadão Conteúdo

09 de outubro de 2014 | 19h22

O espaço funcionaria como um mini-armazém, com estoque limitado para entrega no mesmo dia em New York, devoluções e trocas de produtos e captação de pedidos on-line. Um cliente poderia, por exemplo, pedir uma panela pela manhã e pegá-la à noite a tempo de usar para o jantar.

Operar lojas físicas também carrega riscos. Até agora, a Amazon tem evitado alguns custos associados ao varejo, incluindo aluguel, pagamento de funcionários e gestão de inventários. Esses gastos poderiam pôr em perigo as margens de lucro da empresa. Se bem-sucedida, entretanto, a loja de Nova York poderia incentivar a expansão para outras cidades.

Desde a sua fundação, a Amazon expandiu seu negócio com preços competitivos e envios rápidos, no entanto, não consegue competir com o imediatismo de lojas tradicionais. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAAmazonloja física

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.