Ameaça de bomba atrapalha carnaval na Alemanha

A polícia alemã procurava nesta sexta-feira pelo homem que a obrigou a dispersar cerca de 8.000 foliões de uma festa de carnaval no oeste do país, após uma falsa ameaça de bomba.Sem revelar o que realmente acontecia, a polícia conseguiu evitar o pânico na arena de Colônia, na noite de ontem, ao convencer os convidados a saírem da pista principal para participar de uma corrente humana, a fim de bater o recorde mundial.Depois que todos os foliões saíram, a polícia não os deixou mais voltar para dentro.As autoridades alemãs informaram que um homem telefonou três vezes para o Corpo de Bombeiros local ameaçando explodir a arena. Policiais ordenaram o esvaziamento do local após encontrarem uma mala suspeita.A maleta continha apenas equipamentos para a montagem de um palco para a festa, que foi organizada por um partido da oposição conservadora alemã.Os convidados só puderam pegar seus casacos e carros depois de passarem horas abrigados numa escola próxima.A polícia revelou ter rastreado o telefonema e está otimista com relação ao desfecho do caso. As autoridades disseram ter um suspeito, mas não revelaram seu nome. A polícia não ligou o caso a nenhum grupo extremista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.