Ameaça de bomba faz polícia retirar turistas da Torre Eiffel

No dia em que França aprovou veto a véus islâmicos, cerca de 2 mil pessoas foram evacuadas do ponto turístico.

BBC Brasil, BBC

14 de setembro de 2010 | 19h27

Mais de 2 mil pessoas foram retiradas da Torre Eiffel, em Paris, e seus arredores na noite desta terça-feira, após um alerta de bomba.

Segundo a polícia, a operação foi ordenada após uma denúncia anônima recebida por volta das 20h20 (16h20 no horário de Brasília).

Cerca de meia hora depois, equipes policiais começaram a retirar as pessoas da Torre Eiffel e do Campo de Marte, que fica próximo à Torre. Os turistas foram direcionados para locais seguros nas margens do Rio Sena.

A evacuação ocorreu horas depois de o Senado francês ter aprovado uma lei que veta o uso em locais públicos de véus islâmicos como o niqab (véu que deixa apenas os olhos de fora) e a burca (que cobre os olhos com uma rede).

A Al-Qaeda havia informado que faria retaliações violentas contra o país caso a lei fosse aprovada.

Durante a noite, brigadas especializadas verificaram andar por andar da torre e policiais com cães farejadores vasculhavam a área em busca de algum artefato explosivo.

Com 324 metros, a Torre Eiffel foi construída em 1889 e é uma das atrações turísticas mais populares do mundo - mais de 6 milhões de pessoas visitam o local por ano.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
françatorre eiffelameçabomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.