Ameaça de bomba paralisa aeroporto de Sydney

O terminal do Aeroporto Internacional de Sydney, na Austrália, foi esvaziado por causa de uma ameaça de bomba, nesta sexta-feira. Após quase cinco horas de busca, a polícia nada encontrou e declarou a área segura. Cerca de 400 passageiros foram levados a um estacionamento aberto, disse a rádio ABC, por volta das 16h (horário local), provocando o atraso e cancelamento de vários vôos. Um porta-voz do aeroporto disse que a suspeita foi considerada suficientemente grave para justificar a desocupação do terminal. Alguns vôos internacionais foram adiados. Equipes de emergência rastrearam o terminal e pediram aos passageiros que estavam a bordo das seis aeronaves que esperassem até a conclusão dos trabalhos. A polícia não deu mais detalhes sobre a operação. Os cerca de mil passageiros que estavam a bordo dos vôos que chegaram a pousar no aeroporto tiveram que aguardar nas aeronaves até que o terminal fosse liberado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.