Ameaça de uso de força na Síria é real, diz John Kerry

O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, alertou a Síria de que a "ameaça de uso da força é real" no caso de o país não cumprir com o plano de destruir suas armas químicas.

Agência Estado

15 de setembro de 2013 | 11h40

Kerry falou durante uma visita a Jerusalém neste domingo. Ele viajou para discutir com autoridades israelenses detalhes do acordo firmado entre Estados Unidos e Rússia sobre o uso de armas químicas na Síria. Kerry afirmou que será essencial que o regime de Bashar al-Assad cumpra o acordo. "Não podemos ter palavras ocas", reforçou. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Estados UnidosSíriaJohn Kerry

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.