Ameaça faz Casa Branca convocar reunião de emergência

Após ataques frustrados no Reino Unido, EUA realizam reuniões freqüentes

Reuters

11 Julho 2007 | 09h27

A Casa Branca convocou para esta quinta-feira, 12, uma reunião multidisciplinar de urgência para discutir uma potencial nova ameaça da Al-Qaeda em solo norte-americano, informou a emissora ABC News na terça-feira.Autoridades de inteligência foram convocadas para uma reunião na sede do governo dos EUA para informar os passos que estão sendo tomados para minimizar ou conter a ameaça e o que está sendo feito para aumentar a segurança em prédios públicos, informou a emissora.A reunião seria uma de várias que estão sendo realizadas após a obtenção de novas informações de inteligência conseguidas nos recentes ataques frustrados em Londres, disse a emissora, citando uma autoridade de alto escalão do governo norte-americano.Essa fonte, que não teve seu nome revelado, disse que o nível de preocupação com um ataque nos EUA tem sido o maior em algum tempo.Uma porta-voz da Casa Branca confirmou que, após os atentados frustrados na Reino Unido, o governo norte-americano tem realizado reuniões freqüentes para avaliar a situação, mas acrescentou que não há evidências de um ataque iminente."Autoridades do setor de contra-terrorismo têm se reunido regularmente, o que não é incomum. Estamos levando todas as ameaças a sério e trabalhando para evitar que os terroristas ataquem inocentes", disse a porta-voz da Casa Branca Emily Lawrimore por email.

Mais conteúdo sobre:
atentadosemergênciaCasa Branca

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.