Ameaça leva empresas aéreas a mudar rotas

As companhias aéreas sul-coreanas e estrangeiras que atuam na Coreia do Sul anunciaram ontem a alteração das rotas de seus voos para evitar a proximidade com o espaço aéreo norte-coreano. Na quinta-feira, a Coreia do Norte advertiu que não poderia "garantir a segurança dos aviões civis" que voarem próximo de seu território. "A ameaça militar contra aviões civis é uma violação injustificada às normas internacionais ", disse o porta-voz do governo sul-coreano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.