Ameça de forte nevasca faz voos serem cancelados em Londres

Aeroporto Heathrow, o mais movimentado da Europa, operará apenas 70 por cento da sua capacidade normal

FÁBIO ALVES, Agência Estado

04 de fevereiro de 2012 | 14h26

O aeroporto de Heathrow, em Londres, decidiu hoje cancelar 30% dos voos previstos para amanhã em razão da previsão de uma forte nevasca e também de neblina gelada que deverá atingir regiões da Inglaterra ao longo da madrugada de domingo. O aeroporto, que deverá receber até 15 centímetros de neve ao longo da madrugada, informou que iria publicar no seu website até as 18 horas (horário de Londres) uma lista de voos que deverão operar, mas alertou que cancelamentos adicionais são possíveis.

"Esperamos que o porcentual de passageiros que consigam voar fique acima de 70%, uma vez que as companhias aéreas transfiram pessoas de voos", afirmou um comunicado do aeroporto publicado no seu website, recomendando ainda para as pessoas contatarem sua companhia aérea para mais informações.

O aeroporto, que fica na região oeste de Londres e que é o mais movimentado em termos de tráfego internacional de passageiros, informou que espera que a neve atinja a área a partir das 17 horas local e que caia até 6 horas da manhã de domingo, com um acúmulo total de 15 centímetros. Autoridades do aeroporto, pelo qual trafegam mais de 180 mil passageiros por dia, também alertaram para a visibilidade reduzida e uma neblina gelada.

A agência de previsão meteorológica da Grã-Bretanha divulgou um segundo alerta de clima severo neste sábado, com várias regiões do país esperando neve pesada e interrupção de viagens. As regiões norte, central e leste da Inglaterra receberão até 15 centímetros de neve. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Londresaeroportovooscancelamentoneve

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.