American Airlines anuncia 20 mil demissões

A AMR Corp., controladora da companhia aérea American Airlines (AA), irá cortar pelo menos 20 mil postos de trabalho por causa da redução de 20% na programação de vôos da empresa. Outros motivos, como novos sistemas de segurança e queda no número de passageiros, também foram utilizados pela companhia como justificativa pelos cortes.De acordo com o comunicado da empresa, o quadro será reduzido em todas as categorias, desde a gerência até os grupos de apoio em terra. Os cortes afetarão não só a American, mas também a American Eagle e a Trans World Airlines, outras companhias do grupo.A AA informou ainda que irá oferecer alternativas para os funcionários dispensados. No entanto, não utilizará nenhum mecanismo tradicional, como aposentadoria antecipada ou ajudas extras. A empresa afirma estar em situação financeira delicada com o cenário recessivo atual. A justificativa é de que estes programas tradicionais colocariam a companhia em situação ainda pior.A AA informou que possui cerca de 138 mil funcionários. Os cortes representam 14% de sua força de trabalho total. Assim como a empresa, outras do setor, como Continental Airlines, United Airlines, Delta Airlines, entre outras, informaram que terão de reduzir suas quantidades de vôos em 20%, o que acarretará em demissões. No último sábado a Continental informou que vai demitir 12 mil de seus 56 mil trabalhadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.