Americana é alvo de seqüestro no país

Homens armados seqüestraram ontem uma americana não identificada, de 49 anos, em Kandahar, sul do Afeganistão. Funcionária de uma organização agrícola de ajuda humanitária, ela estava a caminho do escritório ao lado do motorista - também feito refém - quando foi levada. Autoridades afegãs estão investigando o caso, mas ainda não houve pedido de resgate. O grupo fundamentalista Taleban é suspeito pela ação, já que tem histórico de seqüestros no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.