Americano acusado de série de mortes entre 1977 e 1993

O supervisor de uma empresa de coleta de lixo foi acusado pela morte por estrangulamento de 12 mulheres entre 1977 e 1993. A polícia investiga o envolvimento do suspeito, Lorenzo J. Gilyard, de 53 anos, em outros crimes. Testes de DNA levaram a polícia a ligar Gilyard aos crimes. A promotoria ainda não decidiu se pedirá a pena de morte.As vítimas tinham idade entre 15 e 36 anos. Onze eram prostitutas. A 12ª, identificada como Catherine Marie Barry Belke, sofria de problemas mentais e costumava vagar pelas ruas, aceitando carona de desconhecidos. Nova das vítimas foram encontradas nuas ou seminuas; algumas estavam amarradas ou tinham algo amarrado no pescoço; onze soferam abuso sexual e alguns dos corpos foram deixados em poses pelo assassino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.