Americano, britânico e canadenses são mortos no Iraque

Um cidadão americano, seqüestrado ano passado junto de três outros ativistas, um britânico e dois canadenses no Iraque, foi morto, de acordo com fontes do Departamento de Defesa dos EUA. As fontes acrescentaram que o corpo de Tom Fox, de 54 anos, foi encontrado nesta sexta no Iraque. Se desconhece o paradeiro dos outros três. As fontes assinalaram que a embaixada dos EUA em Bagdá está investigando o caso e que a família do ativista já foi avisada. "Nossas condolências aos familiares" de Fox, disse um porta-voz do Departamento do Estado. O governo dos EUA insiste para que "todos os reféns sejam postos em liberdade de maneira incondicional", acrescentou o porta-voz. A notícia da morte de Fox se deu após um vídeo de 28 de fevereiro que mostrava três dos quatro ativistas cristãos. Entre eles estava Fox, que era o quarto integrante do grupo, desaparecido em 26 de novembro.

Agencia Estado,

10 Março 2006 | 23h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.