Americano com suspeita de ebola é liberado

Autoridades médicas informaram que os testes de ebola de Michael Monnig, policial da cidade americana de Dallas que exibia sintomas da doença, deram negativo. Ele recebeu alta do Hospital Presbiteriano do Texas nesta quinta-feira, um dia após ser internado.

Estadão Conteúdo

09 de outubro de 2014 | 21h41

Monning estava no grupo de autoridades que entraram no apartamento de Thomas Eric Duncan, paciente que morreu com ebola na quarta-feira no mesmo hospital. Ele não teve contato com Duncan, mas encontrou alguns familiares do paciente infectado que não estavam isolados. Autoridades do hospital afirmaram hoje que o estado de Monning era bom, sem sinais de febre ou outros sintomas relacionados à doença.

Novas suspeitas

Autoridades da Macedônia informaram que serão realizados testes para verificar se um empresário britânico que morreu no país havia sido infectado pelo vírus. Jovanka Kostovska, do Ministério de Saúde da Macedônia, afirmou que um homem de 58 anos não identificado morreu com sangramentos internos após ser levado a um hospital na capital do país, Escópia, nesta quinta-feira.

O hotel onde ele se hospedava foi colocado em quarentena e os resultados dos exames devem demorar 48 horas para ficarem prontos. De acordo com Kostovska, não havia sinais de que o homem que chegou na Macedônia há uma semana, tenha ido recentemente à África.

Na República Tcheca, um homem foi hospitalizado com sintomas de ebola após volar da Libéria. Autoridades aguardam o resultado de testes para confirmar se ele tem a doença. "Por hora, o homem de 58 anos está sendo tratado em um local de quarentena", afirmou Martin Salek, porta-voz do hospital Na Bulovce, na capital tcheca.

O paciente "chegou ao hospital com febre e outros sintomas típicos do ebola, mas também de outras doenças, incluindo dengue", afirmou Salek. O homem não foi identificado e não está claro quando ele retornou para a República Tcheca nem com quantas pessoas ele teve contato. Fonte: Associated Press e Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAebolateste negativo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.