Americano é culpado por estupro e morte no Iraque

Uma corte militar nos EUA julgou ontem o soldado americano Jesse Spielman, de 22 anos, culpado por participar no estupro e assassinato de uma adolescente iraquiana. Abeer Qassim al-Janabiat, de 14 anos, foi morta por um grupo de cinco militares dos EUA, que também assassinaram sua família, em março de 2006. Dois deles já foram condenados a 90 e 100 anos da prisão e o líder do grupo pode receber a pena de morte. A sentença de Spielman ainda não foi divulgada. Além de estupro e assassinato, ele foi considerado culpado por invasão de domicílio e conspiração para cometer estupro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.