Americano é expulso do país e chega à Tailândia

O americano John Yeattaw, preso em Mianmar (ex-Birmânia) por ter entrado na residência em que a líder opositora Aung San Suu Kyi cumpria prisão domiciliar, foi expulso ontem do país. A junta militar birmanesa havia prometido libertá-lo depois da visita do senador americano Jim Webb. O avião militar com Yeattaw e Webb decolou ontem do aeroporto de Rangum e pousou em Bangcoc, na Tailândia, poucas horas depois. Por causa da visita de Yeattaw, Suu Kyi foi sentenciada a outros 18 meses de prisão domiciliar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.