Americanos apoiam análise de dados telefônicos

A maioria dos norte-americanos apoia o programa do governo dos EUA de monitoramento de registros telefônicos para tentar descobrir terroristas, afirmou uma pesquisa do Washington Post e do Pew Research Center.

AE, Agência Estado

11 de junho de 2013 | 02h33

Apesar das preocupações da inteligência dos EUA causadas pelo vazamento de informações de programas secretos, os norte-americanos podem estar surpreendentemente confortáveis com a perda de privacidade no interesse da segurança nacional.

No geral, 56% dos norte-americanos disseram aos pesquisadores que era "aceitável" a Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) acessar os registros telefônicos de milhões de cidadãos dos EUA através de ordens judiciais secretas, em comparação com 41% que disseram que não era.

Entre os entrevistados, 45% disseram que o governo deve ser capaz de analisar mais e monitorar a atividade online de todos, se essa vigilância evitar outro ataque terrorista como o de 11 de setembro de 2001. No entanto, uma pequena maioria de 52% disse que era contra tais medidas radicais. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
euaescândalopesquisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.