Americanos e curdos buscam extremistas no norte do Iraque

Várias guerrilhas curdas apoiadas pelas forças especiais dos EUA realizam buscas em bases de militantes do Ansar al-Islam no norte do Iraque, informou a BBC. Os EUA acusam o grupo extremista de ligações com o grupo terrorista al-Qaeda. A BBC informou ainda que um oficial do primeiro escalão da União Patriótica do Curdistão, que participou da operação, informou que cerca de 70 membros do Ansar foram mortos. Os que conseguiram fugir, foram para as montanhas na fronteira com o Irã.Duas das principais facções curdas localizadas no norte do Iraque pediram aos iraquianos que se rebelem contra o regime de Saddam Hussein. A União Patriótica do Curdistão, o Partido Democrático do Curdistão uniram-se a oposição, o Congresso Nacional Iraquiano, para pedir a população que una-se para "liberação das cidades e vilarejos da ditadura". Uma nota conjunta foi distribuída em Irbil. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.