Americanos estão fumando cada vez menos

O consumo de cigarros nos Estados Unidos apresentou uma redução significativa, informou a Associação de Promotores do país com base em dados do governo federal. A investigação indicou que em 2005 os americanos fumaram menos cigarros que em qualquer momento desde 1951, e que o consumo de tabaco per capita caiu a níveis registrados apenas nos primeiros anos da década de 30. A queda no índice, determinada segundo os impostos pagos pelas empresas de cigarros, foi de 4,2% em 2005 e de mais de 20% desde 1998, indicou a associação. "Acho que estamos chegando a um ponto decisivo, no qual a imagem do tabaco está sendo revelada como algo pouco saudável e perigoso, sem o glamour de antigamente", disse Tom Miller, promotor-geral do estado de Iowa e presidente da Associação. "Observamos uma grande redução no consumo de cigarros, mas acho que ainda podemos cortá-lo de forma mais substancial", acrescentou. As autoridades americanas empreenderam há vários anos uma intensa campanha contra o consumo de tabaco, que já é proibido em todos os edifícios públicos.

Agencia Estado,

09 Março 2006 | 03h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.