Americanos podem ser alvo de atentados na Itália

Cidadãos norte-americanos poderiam ser alvo de grupos extremistas em quatro cidades italianas durante a Páscoa, advertiu o governo dos Estados Unidos nesta quarta-feira. O Departamento de Estado disse que há "possíveis ameaças contra cidadãos dos EUA nas cidades de Veneza, Florença, Milão e Verona no domingo de Páscoa, por parte de grupos extremistas".O anúncio não identificou os grupos ou falou sobre a natureza das ameaças, mas advertiu que "esses grupos não fazem distinção entre alvos oficiais e civis". O anúncio disse que os cidadãos norte-americanos deveriam "aumentar os cuidados com a segurança e evitar grandes multidões".Um funcionário dos EUA disse que a advertência estava baseada em "informações específicas" que foram "desenvolvidas em estreita cooperação com as autoridades italianas". Funcionários italianos que trabalham no combate ao terrorismo se recusaram a tecer comentários.O anúncio de hoje acontece a apenas dez dias de um aviso de advertência dirigido ao mundo todo, segundo o qual "indivíduos extremistas" estão planejando ataques contra interesses dos EUA. Esta advertência foi divulgada no dia do ataque a fiéis de uma igreja cristã, perto da embaixada dos EUA em Islamabad.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.