AFP PHOTO / POLICE NATIONALE
AFP PHOTO / POLICE NATIONALE

Amigo garante ter falado com Salah Abdeslam na terça em Molenbeek, na Bélgica

Procurado pela participação nos ataques terroristas em Paris, francês de 26 anos está foragido desde sábado; ele teria dito que não se entrega para evitar 'consequência para a família'

O Estado de S. Paulo

19 de novembro de 2015 | 12h35

BRUXELAS - Um amigo de Salah Abdeslam afirmou que conversou com ele na terça-feira no bairro de Molenbeek, em Bruxelas, informou nesta quinta-feira, 19, o portal belga "Sud Info".

"Ele me disse que está saturado e que foi longe demais, mas que não podia se entregar porque isso poderia ter consequências para sua família", afirmou o jovem ao portal.

Conforme essas declarações, Salah Abdeslam, de 26 anos - que está sendo procurado internacionalmente por participação nos atentados de Paris -, entrou em contato para que o amigo avisasse a seu irmão Mohamed para ele "ficar em alerta" contra o radicalismo.

Salah Abdeslam, que tem nacionalidade francesa, foi criado em Molenbeek com a família. Foi ele quem alugou o Volkswagen Polo usado pelos terroristas para chegar à casa de shows Bataclan. A polícia o procura desde sábado de manhã, horas depois da série de atentados.

Na quarta-feira a procuradoria belga afirmou que a polícia interrogou antes dos atentados de Paris os dois irmãos Abdeslam - Brahim, que detonou um cinturão de explosivos preso ao corpo na sexta-feira, e Salah, mas eles "não mostraram sinais de representar uma possível ameaça". 

"Sabíamos que haviam se radicalizado e que poderiam tentar viajar à Síria, mas não deram sinais de representar uma possível ameaça. Mesmo que tivéssemos informado a França, duvido que teríamos conseguido detê-los", disse o Eric Van Der Sypt, porta-voz da procuradoria. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
MolenbeekParis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.