Amoníaco deixa 120 intoxicados nos EUA

Vazamento aconteceu em um depósito de refrigeração no Canal Industrial de Theodore

Efe

24 de agosto de 2010 | 04h06

WASHINGTON - Pelo menos 120 pessoas foram tratadas na segunda-feira, 23, por uma intoxicação de amoníaco, após um vazamento em um depósito de refrigeração na localidade de Theodore, no estado do Alabama, no sul dos Estados Unidos, informaram fontes do serviço de emergência.

As pessoas afetadas receberam atendimento imediato, e 21 deles foram levados à unidade de terapia intensiva do Centro Médico da Universidade do Alabama, informou o porta-voz Bob Lowry, em declarações publicadas pelo jornal local The Birmingham News.

Outras pessoas foram levadas a cinco hospitais da região, com dificuldade respiratória, náuseas, coceira na garganta e enjoo.

O acidente aconteceu em um dos tanques da companhia Millard Refrigerated Services, que utiliza amoníaco no processo de refrigeração em uma planta no Canal Industrial Theodore, ao sul do condado de Mobile.

Escaparam entre 1,5 mil e 3 mil litros de amoníaco líquido, que afetaram os trabalhadores de Millard e de instalações da British Petroleum (BP).

Com o vazamento, os moradores de um raio de 1,6 quilômetros da fábrica tiveram que permanecer em casa enquanto as autoridades analisavam a qualidade do ar, explicou à rede televisiva CNN o diretor de operações do serviço de emergências do condado de Mobile, John Kilcullen.

A localidade de Theodore está cerca de 10 quilômetros ao sudoeste de Mobile.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.