Amorim critica EUA por falta de apoio ao Brasil

CORRESPONDENTE

Gustavo Chacra, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2011 | 00h00

NOVA YORK

O ex-chanceler Celso Amorim criticou o governo americano por não apoiar a inclusão do Brasil como membro permanente do Conselho de Segurança da ONU. Durante palestra em Nova York, ele ainda acrescentou que os EUA não estão preparados para o crescimento de uma potência com alcance global na América Latina.

O presidente Barack "Obama apoiou a entrada da Índia (no conselho) quando visitou o país no ano passado, mas não fez o mesmo quando esteve no Brasil. Mas qual a diferença entre os dois países? São duas democracias multiculturais. A Índia tem mais habitantes, mas temos um território mais extenso e um PIB maior. A diferença é que a Índia tem arma nuclear e o Brasil, não. Foi um péssimo sinal para o restante do mundo", disse Amorim. O ex-chanceler disse que essa era sua opinião pessoal.

Segundo Amorim, "os EUA não estão acostumados com uma potência com alcance global na região (Américas), como o Brasil" . Questionado sobre qual conselho ele daria a Obama nas relações bilaterais, Amorim respondeu que "os Estados Unidos precisam ter uma política específica para o Brasil e não incluir o país no restante da América Latina".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.