Amostras coletadas na Síria irão para a Europa

A Organização das Nações Unidas (ONU) informou que alguns de seus inspetores levarão pessoalmente as amostras coletadas na Síria para laboratórios da Europa, após saíram de Damasco na manhã de sábado.

Agência Estado

29 de agosto de 2013 | 15h37

O porta-voz da ONU Farhan Haq disse que o relatório final do grupo vai depender dos resultados das análises e que isso pode levar "mais alguns dias".

Porém, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, espera receber um relatório inicial sobre a investigação logo depois de os inspetores saírem de Damasco. Haq disse que Ban volta para Nova York nesta quinta-feira, reduzindo o tempo de visita à Áustria para se preparar para receber o documento.

O grupo tem permissão apenas para determinar se armas químicas foram usadas no ataque, que matou centenas de pessoas na semana passada. Mas Haq disse que as descobertas podem indicar quem esteve por trás do ataque. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriaarmas químicasinspetores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.