Anarquistas e direitistas entram em choque em Atenas

Confrontos envolvendo grupos anarquistas, militantes de extrema direita e moradores de um tenso bairro de Atenas deixaram dois feridos e terminaram com pelo menos 15 pessoas detidas, informou a polícia local neste domingo. A violência começou quando uma carreata da qual participavam cerca de 50 anarquistas atravessou o bairro de Agios Panteleimonas, na zona norte ateniense, entoando palavras de ordem segundo as quais queriam limpar a região de fascistas.

EQUIPE AE, Agência Estado

30 de setembro de 2012 | 21h09

Conforme a polícia, os anarquistas teriam agredido moradores do bairro durante o percurso, ferindo duas pessoas. A polícia perseguiu os participantes da carreta e prendeu pelo menos 15 suspeitos.

Logo depois, militantes do partido de extrema direita Alvorada Dourada saíram às ruas do bairro para se manifestar. Muitos imigrantes deixaram a região por temerem represálias.

Os moradores tradicionais do bairro de Agios Panteleimonas têm hostilizado imigrantes que ali se instalaram recentemente. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Gréciacriseviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.